Quem sou eu?

Por que as perguntas mais simples são as mais difíceis de responder? Semana vai, semana vem, essa aí continua martelando a minha cabeça. Não vai ter jeito, vou ter de pegar a nave de volta ao passado…. Lá atrás quando a gente nem era ovo ainda, ou óvulo, puro material genético sem identidade à mercê daContinuar lendo “Quem sou eu?”

Longe é um lugar que não existe.

Hoje quero uma página em branco, sem marcas. Preciso de uma página em branco. Aquelas ideias mais antigas que ficaram pelo caminho dos dias, rabiscadas em poucas linhas – agora não. Terão de esperar mais um pouco. A elas, paciência. Porque hoje, esse mês, esse ano e cada minuto nele tem sido de grande intensidade.Continuar lendo “Longe é um lugar que não existe.”

Entre céu e terra

Como seria se tivéssemos escadas para subir ao céu? Escada de mármore, de madeira, de corda, escada em caracol, degraus largos, degraus altos…. Seria possível conseguir uma escada rolante? Já que pode pedir, que tal um elevador panorâmico! Quando era criança, na casa de um parente onde passava sempre as férias, havia um quadro queContinuar lendo “Entre céu e terra”

O que você deseja de verdade?

O que você pediria se topasse com a lâmpada de Aladim e o gênio azul te concedesse seus desejos instantaneamente, sem pestanejar, sem esperar, sem precisar da ajuda de ninguém mais nesse mundo…. Você quer ser rico? Ter dinheiro suficiente para não ter de contar dinheiro nunca mais na vida? Quer ter de sobra paraContinuar lendo “O que você deseja de verdade?”

Pequena lista de uma leitora compulsiva

Citei alguns livros nesse blog que me fizeram parar para pensar e repensar a vida. Cada um deles chegou a mim na hora certa – costumo dizer que, eles pulam da estante para a minha mão. Não foi diferente com A Yoga de Jesus, enquanto esperava a turma para começar a meditação na escola deContinuar lendo “Pequena lista de uma leitora compulsiva”