Uma vida sem problemas

Ontem fizeram uma pergunta num dos grupos de whatsapp: ‘como seria sua vida se não tivesse mais problemas?’ Nenhum problema de qualquer natureza: nem de dinheiro, casa, família, trabalho, saúde, relacionamentos, filhos… Nadinha de nada!

Bum! Rolou uma explosão interna aqui, um big bang básico dentro da minha cabeça e nada aparecia, branco total!

Como assim não ter nada para resolver? Nada para consertar, discordar ou reclamar?

Passado o choque inicial e algumas horas comecei a ter algumas lembranças. Lembranças de um tempo onde havia harmonia e paz, comunhão com a natureza, serenidade, espaço… Não precisa ir tão longe no passado, algumas pessoas tiveram infâncias assim, pelo menos por algum período. Quando criança, não nos preocupamos com contas a pagar, com o que vai ter para comer…

Enfim, o que faz um adulto em terra de paz?

Pode amar e comungar com a natureza e todos os seres.

Pode apreciar a beleza da música, da dança e de todas as artes. Criando e dançando pela vida.

Pode auxiliar outros seres, colegas em evolução.

Pode aprender sobre novas formas de vida e a interação entre elas.

Pode aprender sobre outros planetas e dimensões da existência.

Pode criar novas técnicas de transformação, de uso da energia.

Pode criar continuamente em diversas áreas: comunicação, transporte, tecnologia, transmutação, alquimia… Sem limites para a criação.

Num universo tão vasto, há novidades e surpresas por toda parte!

A curiosidade é uma característica dos exploradores, pesquisadores. Essa sede de conhecimento pode até parar para descansar ao longo da estrada, porém, como uma fera em tempo de caça, permanece atenta, à espreita, aguardando o momento propício para avançar e alcançar um novo objetivo.

Descansar apenas o necessário para que o ócio prepare o terreno para novas sementes.  

No meu campo de trabalho atual, depois de aplicar as novas técnicas por algum tempo e me familiarizar com sua potência, vem uma coceira, uma necessidade de mais e mais e mais. Seja para aprender algo diferente ou para aprofundar um caminho já iniciado.

Esse chamado vira desejo e o desejo ativa os entrelaçamentos quânticos da realidade e me apresenta o próximo passo. O convite pode vir em forma de propaganda, sugestão de alguém, sonho ou um sussurro. A mágica sempre acontece.

Assim, lendo os sinais que a vida me traz todos os dias – ops! Ler nem é uma boa palavra, melhor seria “perceber” já que eles vêm das mais diversas formas. Perceber é mais que ver, mais que sentir. É circular por esse planeta num outro nível de conexão. Assim, percebendo os sinais, vou espiralando meus movimentos criativos pela vida.

Te convido a perceber a energia dessa pergunta. Feche os olhos. Repita a pergunta em voz alta e deixe a energia fluir pelo seu corpo – esse instrumento sensorial incrível que você criou:

O que você faria se todos os seus problemas estivessem plenamente resolvidos agora?

2 comentários em “Uma vida sem problemas

    1. concordo, boa parte dos problemas a gente mesmo cria. Talvez para ter o que fazer e não se sentir inútil. Talvez para se encaixar num drama qualquer e não se sentir “de fora” da turma da reclamação… em vez de usar essa criatividade toda para se divertir, ficamos perdendo tempo! bom domingo querida!!!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.