Write now!

O que está acontecendo comigo?

Preciso escrever, faltam as palavras.

Preciso abrir a porta das ideias, cadê a chave?

Preciso libertar os temas apertados dentro da minha cabeça, quebrar as grades.

Preciso meditar…

Preciso preparar atendimentos.

Preciso divulgar o meu trabalho.

Preciso parar de falar ‘preciso´.

Mas o braço dói e quando o braço dói, preciso escrever.

Escrever é terapia, é cura.

Escrever é sanidade.

Escrever é capacidade de embaralhar palavras com sentido.

Escrever é cuidar do mundo interno.

Escrever é sentar e ficar e calar e falar tudo ao mesmo tempo.

Escrever é ajudar.

Escrever é espalhar.

Escrever é compartilhar.

Escrever é se expor.

Quem escreve está à mostra da vida.

Quem escreve não fica anônimo.

Quem escreve sente as palavras como carinhos no rosto e abraços no coração, lá dentro.

Quem escreve solta as palavras ao vento para criarem suas próprias asas e escolherem seus destinos.

Quem escreve apenas começa a escrever, depois a escrita se faz por si, independente, enviada, entregue.

Quem escreve se entrega à escrita como a um mundo novo.

Quem escreve acha que cria mundos mas apenas deixa que eles passem através dos dedos para aterrissarem no papel.

Quem escreve não é dono da escrita, nem das próprias mãos, não é dono de nada.

Quem escreve sente a vida fluindo em forma de letrinhas saltitantes intermeadas por pontos e vírgulas.

Quem escreve pulsa com cada exclamação.

Quem escreve sente frio na barriga com cada interrupção ….

Quem escreve está à disposição.

Quem escreve?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s