Perguntas 29 e 30 – Mudança, mudança…

29- Você tem medo de mudança?

30- Você deseja mudar?

Algumas pessoas resistem à mudança de forma tão drástica e consistente, gastando tanta energia nesse intento, que isso as deixa engessadas, endurecidas. A necessidade excessiva de controle e o medo da mudança impedem o fluxo natural da vida.

A vida é movimento constante. A Terra viaja pelo espaço a 1 milhão de quilômetros por hora em relação ao centro da galáxia. O seu sangue dá três voltas completas no seu corpo em menos de 1 minuto!

Nessa live, eu trago algumas sugestões para te ajudar a ser mais flexível e tranquilo com você mesmo e se permitir errar:

1- Implemente pequenas mudanças nos seus hábitos como, por exemplo, andar de costas, escovar os dentes ou escrever com a mão não dominante, de forma a criar novas sinapses no seu cérebro além das que já estão automatizadas.

2- Dentro do um espaço onde se sente seguro, pode ser na sua casa, invente coisas diferentes: dance num ritmo que você não conhece, desenhe ou pinte, abra espaço para surpresas e descobrir novos talentos e gostos.

3- Dentro da rotina que te faz sentir-se “seguro”, separe um tempo – meia hora, uma hora ou mesmo 10 minutos – para fazer algo totalmente novo: aprender uma nova habilidade, ler algo completamente diferente do seu estilo habitual, aprender a tocar um instrumento, cozinhar se você não faz isso, etc. Solte a imaginação.

4- Faça um diário de novidades: escreva todos os dias as coisas novas que você se permitiu aprender ou experimentar.

5- Reconheça suas novas capacidades, dê-se os parabéns por ter iniciado novas empreitadas e seja grato a si mesmo por ter a coragem de mudar.

6- Ria dos próprios erros e das coisas que funcionaram ou não deram certo. Seja gentil com você, não se julgue, continue brincando de fazer coisas novas e estranhas e esquisitas e tenho prazeres que ainda não sabia que poderiam existir.

7- Usar os óleos essenciais de árvores que trazem segurança como copaíba, olíbano e cipreste. Ou gerânio que ativa o seu o amor próprio.

“Quem nunca errou, nunca fez nada novo”, disse Einstein.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.