Diário de um tempo estranho 3

parte 3

Tudo normal no reino do coração. Nessa prova, eu passei. O coração deu o alerta, lançou o sinal de fumaça. Esse guerreiro bate forte, aguenta firme. São tantas emoções. Como um mensageiro fiel, toda encomenda chega a seu destino, cada molécula de sangue carrega vida e vai distribuindo energia, informação, nutrientes.

Em casa, não comentei nada sobre as minhas suspeitas. Silêncio. Ter uma preocupação assim antes da confirmação técnica criaria um clima tenso e isso não me ajudaria em nada. Guardei comigo e com minha parceira de alma, de rezas e curas. Certeza estranha. Eu sabia que ela sabia e ela sabia que eu sabia mas a gente alí, só no olhar do coração, no suporte silencioso. Fisicamente distanciadas pela vida, porém sempre juntas, com o olhar profundo atravessando paredes de chumbo ou de fumaça.

Busquei o resultado da punção numa segunda-feira. Começo de semana marcando o começo de um novo trabalho interno. Abri ali mesmo no hospital, como esperar?

………………………………………………………………………………………………………. E agora?

Agora a chance de ser câncer é de 90% em um dos nódulos. Nunca antes na vida, 10% foi um número tão lindo!!! Agora a recomendação de cirurgia é muito grande. Mutilação. Agora já estou com cinco indicações de cirurgiões. Leilão. O aumento da incidência desse desse tipo de câncer na população é assustador. Segundo estudos da USP de Ribeirão Preto, estima-se que cerca de 40 mil cirurgias são feitas ao ano sem necessidade. Os testes atuais por biópsia não são precisos o suficiente e, muitas vezes, só se sabe a situação real do nódulo depois de extirpado.

Segundo o meu endocrinologista Dr. João, esse é um dos carcinomas de crescimento mais lento, de forma que operar agora ou dentro de um ano proporciona o mesmo resultado. Em alguns casos, dependendo da posição e das condições do nódulo, o paciente pode ser monitorado e vai levando a vida normalmente. Desses casos, somente 10% chega a passar por cirurgia. De novo: 10% seu lindo!

O meu caso não reune as condições para seguir esse protocolo. Infelizmente. Mas tenho tempo. Tempo de planejar, tempo de assentar a poeira, de vasculhar as entranhas, pesquisar analiticamente e emocionalmente. Como diz a canção dos Rolling Stones “Time is on my side, yes it is!”

Também tenho tempo para receber.
Treinamento forte esse! Quem passa a vida cuidando dos outros, se permite ser cuidado? Olha o convite da vida!

Precisar de cuidados – isso representa uma força ou uma fraqueza? O vício em polaridade, em classificar as coisas em boas ou ruins, bonitas ou feias é onde reside a complicação. As coisas são o que são. Dor é apenas dor. Tristeza é apenas tristeza.

O diagnóstico em si representa um momento congelado no tempo, como a foto de uma paisagem seca, já esperada. Depois de escalar a montanha por dias, anos, chega-se ao cume e pode-se contemplar a paisagem árida, cheia de pedras, sem água, sem verde. Vida seca.

O próprio nódulo – a solidificação de alguma energia que não foi usada ou liberada – em vez de fluir, foi contraída, guardada, escondida em baixo de um tapete lindo em forma de borboleta. Capricho na escolha do esconderijo. Frustrações, mágoas que não foram expressas. Palavras entaladas na garganta. Lágrimas que não rolaram montanha abaixo. Canções reprimidas – que voz é essa? Melhor calar para não brigar. Evitar o confronto, o incômodo. Quando casar, sara. Tudo passa. E deixa marcas.

Declarada aberta a temporada de recebimentos. Presentes do universo tem chegado a mim de várias formas, reiki, curas, trocas, orações. Gratidão a cada um dos seres de luz que partilham desses momentos mágicos de transformação interna.

2 comentários em “Diário de um tempo estranho 3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.